terça-feira, 28 de agosto de 2007

A turma da melhor idade



Olá atuais e futuros gestores,

Minha formação é técnica mas agora, com mais maturidade adquiri com a ajuda de estudos e pessoas ao longo da carreira, visão de negócios.

É com esta visão que quero atingir vôos muito mais altos na profissão que amo: tecnologia, devem estar afirmando.
Eu definiria como: "Tecnologia voltada a resultados".

Acredito que com este pensamento podemos crescer na carreira, pois deixamos o "tecniquês" de lado (nada contra quem ama por a mão na massa, afinal precisamos deles), e focamos nos resultados que a empresa terá com a TI.

Estou abordando isto, por que uma matéria na Info Corporate (minha leitura mensal obrigatória) me motivou tremendamente.

Cada vez mais, empresas contratam CIOs (Chief Information Officer - no popular, Diretor de Tecnologia) abaixo dos 40 anos. Antes só via senhores experientes com seus 50 anos ocuparem este cargo. Hoje tenho 33 anos e tenho o objetivo de ser CIO bem claro como as águas de Bonito, ou terei meu próprio negócio, em tecnologia, óbvio.

Agora fico na dúvida: Quem é da turma da melhor idade? Sem trocadilho. O vigor e a inovação dos jovems ou a experiência e jogo de cintura dos mais velhos?

Augusto Cruz, 36 anos, alcançou uma carreira de sucesso dentro da TI da unidade de eletrodomésticos da Whirlpool, empresa americana que detém as marcas Brastemp e Consul.
" Procuro ter uma carreira pautada pela execução e entrega, além de sempre buscar o aperfeiçoamento profissional a partir de treinamentos ou educação continuada", afirma.
Outros exemplos foram citados nesta matéria.

Mas para isto amigos, dedicação, ética, respeito, empatia e constante aprimoramento são fundamentais, independente da idade.

Leiam a matéria na integra no site a Info Corporate.
http://info.abril.com.br/corporate/edicoes/45/conteudo_235427.shtml

Sucesso!!

5 comentários:

Diego disse...

Bom comentário Ricardo.

Acredito que, por definição apenas, não é possível definir quem é o melhor da turma.
Acredito que um "velho" que renova suas idéias é um profissional diferenciado, assim como um "novato" com jogo de cintura.

No meu ponto de vista características como: humildade, perseverança, cumplicidade, garra; Fazem com que um profissional de sucesso, existe também um pouco de sorte, mas a competência sempre faz com que projetos ou objetivos sejam alcançados com maior "facilidade".

Boa sorte no seu projeto, não conheço muito sobre TI, mas pelo meu conhecimento básico, não vai ser fácil.

Grande abraço!
Diego

Augusto Cruz disse...

Ricardo,

Obrigado pela referência à minha formação profissional. Fico positivamente surpreso ao ver que existem pessoas com objetivo e interesse pelo tema carreira em Tecnologia da Informação. Quero compartilhar nesse blog que vejo a capacidade executiva que TI possui hoje em dia como um dos grandes motivadores para mim, entretanto nossa habilidade vai ser muito mais apreciada pela fluência nos temas da organização onde trabalhamos. A área ou o conhecimento de TI sempre serão nossa "caixa de ferramentas". O diferencial será nossa empatia e exposição no ambiente de negócio.

Muito sucesso!
Augusto Cruz

Ricardo Pernambuco disse...

Caro Augusto,

Seja sempre muito bem vindo!!

Fico honrado de receber um comentário seu, pois você é referência e se destaca em sua área de atuação.

Acredito que as oportunidades são dadas para os que demonstram competência e alta capacidade de adaptação e TI sem dúvida requer isto de seus gestores.

Eu particularmente estou direcionando neste momento minha carreira para consultoria SAP, onde nos projetos, poderei aprender muito sobre os processos das grandes organizações e com isso almejar ser um CIO muito mais preparado no futuro.

O convido para ler este artigo que escrevi faz algum tempo.
Aprender com o negócio

Forte abraço.

Ricardo Pernambuco

Augusto Cruz disse...

Muito bem escrito e contextualizado! Parabéns.

Abraços
Augusto

Anônimo disse...

o que eu estava procurando, obrigado